sexta-feira, 12 de outubro de 2007

Não comerei da alface a verde pétala

Hoje como bom carioca no feriadão fui para praia.
Ipanema, posto 10.
Dia perfeito. A foto é pra botar inveja aos amigos caricas que estão longe.



Sol, corpos sarados, suados e malhados.
Uns passavam correndo, outros se exercitavam no calçadão, e eu um pouco redondo, com barriga saliente pra cima só pensava em relaxar e mais tarde tomar um chopp pra arrematar bem o dia.
Na boa, esse é o meu design, como diria Anabelly. Moderno, arrojado e fanfarrão.
Sem neurose com o corpo, mas neurótico pra aproveitar a vida.

Pra comprovar minha teoria, taí um texto do nosso saudoso Vinicius de Moraes.


"Não comerei da alface a verde pétala
Nem da cenoura as hóstias desbotadas
Deixarei as pastagens às manadas
E a quem mais aprouver fazer dieta.
Cajus hei de chupar, mangas-espadas
Talvez pouco elegantes para um poeta
Mas pêras e maçãs, deixo-as ao esteta
Que acredita no cromo das saladas.
Não nasci ruminante como os bois
Nem como os coelhos, roedor; nasci
Omnívoro; dêem-me feijão com arroz
E um bife, e um queijo forte, e parati

E eu morrerei, feliz, do coração
De ter vivido sem comer em vão."

*Para o Edu.

Um comentário:

Anabelly disse...

Bem quanto à sua forma, diria que você tá fininho, hein bolão!!!
Se não comer maçãs e alfaces vai acabar afundando a areia da praia!!