quinta-feira, 17 de abril de 2008

Hum ... que chuchu

Família é mesmo uma coisa engraçada.


De repente abri os olhos e a gritaria tomava conta da minha casa e do meu quarto.
Putz!?! Domingão, friozinho de Friburgo, cobertas, cama, quarto escuro ... e meus pais gritando!
Não, não era uma briga conjugal, era o nascimento. Sim, o nascimento do chuchu.
Faz tempo, minha tia "jogou uma semente no meu quintal, de repente brotou um tremendo matagal". Era um pé de chuchu que se enroscava na escada lá de casa.
Cresceu, cresceu e deu o primeiro fruto e também o primeiro escândalo na manhã de domingo em que eu deveria estar dormindo.

Foi uma tal de acende a luz e: olha que bonitinho ... tá grande, né ... sem agrotóxico ... e tá fora de época. E eu lá, acordado apreciando o chuchu. Acabou a euforia e foram ver se achavam outros. Dormi, em paz.

Como de costume, acordei na hora do almoço. E qual era o prato? (vale um chuchu pra quem acertar) Sim ele e outro irmão ... cozidos. Na boa, nem gosto muito de chuchu, mas tive que provar. E o mais engraçado eram os comentários: "Nunca comi um chuchu tão gostoso","Nem tem gosto de agrotóxico", "Tá uma delícia", "Sente o sabor" ... entre outras pérolas.

Pensei que tava sonhando, porque na moral: CHUCHU NÃO TEM GOSTO. É tudo igual, e assim também era o chuchu lá de casa. Tinha que rir, não podia decepcioná-los e falar mal do chuchu de casa. Restou continuar comendo e ouvindo meus pais falando dos próximos passos: fazer um suflê de chuchu, camarão com chuchu, chuchu com carne seca ...

Haja chuchu!

2 comentários:

Isabela disse...

Ahhh q chuchuzinho vc hein?!

raissa disse...

hahahahah, amigo vc nunca pode parar de escrever no seu blog suas experiencias sao as melhores, e afinal de contas se nao ouvesse chuchu eu nao estaria morrendo de rir aqui....
bjos

e bom apitite com os chuchus q ainda viram na sua vida...hahaha